Tendo concessionários pré-selecionados, o próximo passo é ter uma ideia de sua integridade.

Em 2017, a Buick ficou em primeiro lugar entre as marcas do
mercado de massa. Na categoria Luxo, Lincoln e Mercedes
ganharam homenagens conjuntas com Infiniti e Porsche, não muito
atrás. Depois de identificar quais marcas você prefere e talvez
também quais excluir de sua lista, é hora de avaliar as
concessionárias individuais. Se precisar de ajuda para localizar
aqueles que estão por perto, os sites dos fabricantes
ajudarão. Basta procurar a guia ou link “Encontrar um revendedor”.
Existem três caminhos a seguir:
https://vw.brasal.com.br/

• Avaliações de Clientes. Há muitos lugares para procurar
avaliações on-line. Os mais conhecidos são
provavelmente dealerrater.com , Yelp e Google.
• O site do Better Business Bureau (BBB) para o seu
estado. Aqui você pode procurar concessionárias
credenciadas pelo BBB e também ver se aqueles em sua lista
têm muitas reclamações contra eles. Uma nota “A” é ideal.
• Longevidade. Uma concessionária duvidosa geralmente
não dura muito. Corre o boato de que eles não são confiáveis
e o negócio fecha. Por outro lado, se eles estão por aí há
décadas, é razoável supor que eles tenham muitos negócios
repetidos. E os compradores de automóveis não voltariam à
concessionária que consideravam roubados.